2108131Uma das celebres frases dita por Isaac Newton foi: nada acontece até que algo se mova. Esta frase provavelmente teve sua inspiração na Bíblia, mais precisamente nos feitos que homens chamados por Deus realizaram, nenhum deles ficou esperando por um acontecimento, eles simplesmente agiram diante de um propósito divino.

O título do livro onde está escrito a história dos apóstolos nos da à ideia clara de que a conquista de cidades para Deus só foi possível quando eles agiram, por isso se chama Atos dos apóstolos. Tudo que vemos neste livro é o resultado de uma ação, de um movimento em direção a algo, e não meramente de palavras que expressavam um chamado e uma visão.

No final do livro de Marcos há um texto que apóia esta verdade dita por Isaac Newton: Marcos 16:19-20 – De fato, o Senhor Jesus, depois de lhes ter falado, foi recebido no céu e assentou- se à destra de Deus. E eles, tendo partido, pregaram em toda parte, cooperando com eles o Senhor e confirmando a palavra por meio de sinais, que se seguiam.

Este bem poderia ser o resumo do livro de Atos, quando eles se moveram, as coisas mais impressionantes aconteceram por todo o Israel e terras estrangeiras. Quando digo eles, não me refiro unicamente aos apóstolos, mas a toda igreja, os quase 120 que receberam o fogo do Espírito Santo em Atos capítulo 2.

Aqueles primeiros discípulos era toda a igreja de Jesus, quando apenas um se move o resultado existe, mas é pequeno, porém quando todos se movem algo grande vai acontecer. Jesus moveu a igreja que tinha com ele, os discípulos em Jerusalém também moveram a igreja. Mais tarde você encontra Paulo movendo todas as igrejas como um poderoso exército na conquista de um mundo perdido.

A igreja é apresentada por pelo menos nove figuras na Bíblia. Ela é a noiva, cidadã do céu, uma casa, um exército, uma lavoura, ela é o mistério da vontade de Deus, obra prima de Deus, família de Deus e o corpo de Cristo. Vamos entender um dos propósitos da igreja na figura do corpo, porque ela é corpo.

Um corpo é formado por vários membros, e cada um deles possui uma função diferente, o corpo não é só cabeça ou só orelha. Se a igreja é o corpo de Cristo e o corpo é formado pelo conjunto de vários membros conectados uns aos outros, e não há membro sem função, portanto na igreja de Cristo, que é o seu corpo, cada membro tem uma função.

O desafio de cada pastor é treinar esta igreja para as conquistas do reino que é a salvação dos perdidos. O texto de Efésios 4:5-12 nos da à revelação do propósito de Deus através da nossa vida:
Há um só Senhor, uma só fé, um só batismo; um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, age por meio de todos e está em todos. O santo ministério e o serviço dos santos e a graça foi concedida a cada um de nós segundo a proporção do dom de Cristo. Por isso, diz: Quando ele subiu às alturas, levou cativo o cativeiro e concedeu dons aos homens. Ora, que quer dizer subiu, senão que também havia descido até às regiões inferiores da terra? Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para encher todas as coisas. E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo.

Como membro do corpo onde Cristo é a cabeça, a função do pastor é treinar a igreja para o serviço do reino, melhor ainda, ativar os dons e talentos que o Senhor deu a cada servo para se expressar através Dele. Assim como a função de cada membro do corpo humano é expressar a vida que há nele, Jesus expressa sua vida através de cada membro do seu corpo que é a igreja.

Quando cada pastor assume sua posição no corpo, segundo a proporção do dom de Cristo dada a cada um, vamos mover e treinar a igreja para conquistar uma multidão de almas através do projeto de evangelização anual CASA DE MILAGRES.

CONHECENDO O PROJETO CASA DE MILAGRES

1 – O que é o projeto
O projeto consiste em fazer com que membros da igreja abra sua casa de forma generosa durante 7 semanas para a realização da campanha, a casa dele será uma casa de milagres. Os demais membros que moram próximos àquela Casa de Milagres se reunirão ali levando seus convidados, e as reuniões serão lideradas pelos obreiros da igreja devidamente treinados para este trabalho.

2 – Como e quando iniciar o projeto
Um mês antes do início das reuniões nas casas, dia 2 de agosto, o pastor deve fixar um banner na igreja, ministrar a partir da Santa Ceia mensagens que focam reuniões feitas por Jesus e pelos apóstolos nas casas, e, desafiar quem quer fazer da sua casa uma casa de milagres. Vamos começar mostrando que quando Obed-Edom levou a arca para sua casa houve benção em tudo e como uma casa de milagres é a reunião de vários salvos, Jesus prometeu estar presente naquele lugar.
No término da mensagem, o pastor deverá desafiar quem vai fazer de sua casa uma casa de milagres por sete semanas.

3 – Cadastrar as Casas de Milagres
Alguém indicado pelo pastor deve cadastrar a casa dos irmãos que abrirem as portas para o projeto, e na semana anterior ao início das reuniões o pastor deverá visitar estas casas para fazer uma unção com o santo óleo, marcando aquele território espiritual para milagres e grande salvação dos perdidos.

4 – Treinamento dos obreiros
Os obreiros devem ser treinados especificamente para a campanha. Diáconos, diaconisas, presbíteros, evangelistas, líder de louvor, líder das mulheres e jovens deverão ser treinados para a grande obra que o Senhor fará através deles. O treinamento terá duração de duas horas e deve acontecer uma semana antes do início das reuniões.

5 – Entrega dos convites
No domingo que antecede a primeira reunião, dia 14 de setembro, o pastor distribuirá aos membros o material de convite para que eles entreguem aos vizinhos, colegas de trabalho, familiares e amigos convidando-os para a campanha. Pelo menos dez convites para cada membro que se reunirá naquela casa. Neste mesmo dia os obreiros responsáveis por suas casas de milagres, receberão o livro com as mensagens para cada semana.

6 – Estrutura da reunião
De forma muito simples, mas cheio da unção do Espírito, o líder abre a reunião com uma oração – em seguida um momento de louvor – a mensagem do dia – oração pela cura, libertação, família, etc. e um lanche no final.

7 – Grande colheita
No domingo após a sétima semana, dia 2 de novembro, as casas de milagres levarão todos os não crente para o culto da colheita na igreja, lá ouvirão uma palavra de salvação e apelo ministrados pelo pastor. Os membros deveram acompanhar seus convidados a esse culto especial no domingo, é fundamental não deixá-los irem sozinhos, sozinhos eles não vào aparcer.

8 – O batismo
Os que aceitarem Jesus receberam o manual com instruções para o batismo que acontecerá em no máximo quinze dias. O batismo devera acontecer no dia 16 de novembro.
O manual do batismo será ministrado pelo obreiro que fez as sete semanas de casa de milagres, por duas semanas, na mesma casa com todos que aceitaram Jesus.

9 – Batalha espiritual
Um jejum deverá ser marcado com toda a igreja do dia 24 ao dia 31 de agosto com oração na igreja pela noite ou pela manha, em ambos os períodos o pastor deve dirigir a oração com todos os irmãos. O tempo de duração deve ser de 1h por período.
Alvos de oração:
1 – orar para que os líderes das casas de milagres recebam unção, ousadia e sabedoria para ministrar;
2 – orar para que as cadeias espirituais que prendem os não salvos sejam quebradas e eles aceitem o convite para participarem das 7 semanas;
3 – orar para que o coração dos não crentes seja quebrado quando forem convidados a receberem Jesus em seus corações e o seu batismo;
4 – orar para que toda a igreja tenha compreensão desta visão de conquista e se una para o crescimento;
5 – orar pelos alvos e metas a serem alcançados.

Importante: Durante as sete semanas, o pastor terá uma reunião por semana com os obreiros que estão envolvidos no projeto para receber deles relatórios, passar novas instruções, animar sua equipe de trabalho e distribuir mais convites.

Metas para cada Igreja local
– Cada igreja deve abrir no mínimo dez casas de milagres;
– Cada casa deve alcançar durante as sete semanas dez não crentes;
– Levar pelo menos sete deles para a grande colheita;
– Batizar três por cada casa em média.

ATENÇÃO
O SCT disponibilizará em seu site o treinamento dos obreiros, o arquivo para convites e fornecerá a custo baixo o manual com as instruções e mensagens a serem ministradas semanalmente na Casa de Milagres, além de uma seleção de músicas para a ministração do louvor durante a campanha.

AGENDA NACIONAL DA CAMPANHA

AGOSTO
Dia 9 – Lançamento da campanha durante a Santa Ceia. Tema da mensagem: A Arca na Casa de Obede-Edom.
De 24 a 31- Sete dias de jejum e oração pela campanha.

A PARTIR DO DIA 8 DE SETEMBRO – INÍCIO DA CAMPANHA CASA DE MILAGRES

OUTUBRO
Última Semana: TÉRMINO DA CAMPANHA CASA DE MILAGRES

NOVEMBRO
Dia 2 – CULTO DA GRANDE COLHEITA
Primeira e segunda Semana – Ministração do curso das águas (batismo), na mesma casa onde aconteceu a Casa de Milagres.
Dia 16 – BATISMO

18/12 – APRESENTAÇÃO DO RELATÓRIO NACIONAL DA CAMPANHA CASA DE MILAGRES NA CONFERÊNCIA NACIOMAL DE LÍDERES EM BRASILIA.

O MATERIAL PARA A CAMPANHA
Todo o material como banner, treinamento para os líderes, mensagens para ativar a igreja, convites, as sete mensagens e etc., já está disponível no site www.supremoconcilio.org.br

Qualquer dúvida pode ser tirada pelo email: palaroni.sct@gmail.com